23 de dezembro de 2010

Papai Noel e São Nicolau

Por Marcus Moreira Lassance Pimenta

Fonte: http://www.veritatis.com.br/article/3231

 

Gostaria de saber o porquê da ligação do Papai Noel com São Nicolau. Tem alguma coisa a ver? Ou é invenção popular? Aguardo um retorno de vocês e parabéns pelo belo trabalho pastoral. (Rogério Júnior)


Caríssimo Rogério Jr, salve Maria.
Poderia eu elaborar uma resposta para si, mas deixo esta com o meu amigo e irmão Rodrigo Pedroso que me enviou este singular e revelador texto.
Espero que possa lhe dirimir todas as dúvidas a respeito do tema.
Nos corações de Jesus, Maria e José;

MMLP

"Todos os anos nossas cidades são invadidas pela figura ridícula de um velhote barrigudo, vestido de vermelho e conduzindo uma charrete puxada por veadinhos voadores, todo agasalhado em nosso escaldante verão tropical. Em plena época do Natal de Nosso Senhor, querem impingir essa figura grotesca às crianças, para que substitua no coração delas o Menino Jesus que veio ao mundo para a nossa salvação. E ainda há quem pretenda justificar essa barbaridade neopagã, fazendo ligações inexistentes entre a figura mitológica do Papai Noel e São Nicolau, um santo católico que realmente existiu e que nada tem a ver com esse personagem de lenda (São Nicolau viveu na Ásia Menor, não no Pólo Norte!!!). O leigo católico Hugo Ferreira Pinto desmonta esta e outras falácias no artigo a seguir. Destacamos com negrito as passagens que julgamos mais significativas". 

Guerra ao usurpador!

por Hugo Ferreira Pinto

Mas... Por quê? Papai-Noel é São Nicolau, santo da Igreja Católica!!!

Que seja! Mas nunca, nunca mesmo, um santo da Igreja Católica se colocaria no lugar do Menino Jesus! Pelo contrário, os Santos dizem: ?É preciso que Jesus cresça e eu diminua!? (Jo, 3,30).

Alguém dirá: Certamente que o velhinho tão querido, ?Papai Noel?, não é uma criação pagã. Porém ele é, e o seu caráter verdadeiro não é tão bondoso e santo quanto muitos pensam!

O nome ?Papai Noel? (em inglês, ?Santa Claus?) seria uma corruptela do nome ?São Nicolau?, um Bispo romano que viveu no século V. Leia na Enciclopédia Britânica, vol.19, páginas 648-649, 11ª edição inglesa, o seguinte: ?São Nicolau, Bispo de Mira, um santo venerado pelos gregos e latinos no dia 6 de dezembro... A lenda de sua dádiva oferecida as escondidas, de dotes, às três filhas de um cidadão empobrecido...? diz se ter originado o costume de dar presentes as escondidas no dia de São Nicolau (6 de dezembro), o que mais tarde foi transferido para o dia de Natal. Daí a associação do Natal com São Nicolau (Papai Noel), que sorrateiramente a idéia é fazê-lo substituir o Papai do Céu.

Durante o ano os pais castigam suas crianças por falarem mentira. Então na época de Natal, contam-lhes esta tamanha mentira do Papai Noel! Será demais pensar então que muitos deles ao crescerem e conhecerem a verdade, comecem a acreditar também que Deus é um mito?

Um rapazinho, sentindo-se triste e desiludido sobre a verdade de Papai Noel, comentou com o seu companheirinho: ?Eles vão ver. Vou investigar também essa história de Jesus Cristo?. É um ato cristão ensinar às crianças mitos e mentiras? Deus declara: ?Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.? (Êxodo 20,16). Pode ser que pareça certo, e que seja justificável pela razão humana, porém Deus acrescenta: ?Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele conduz à morte.? (Provérbios 14,12).

?Eu gostaria de sublinhar que a influência nefasta do demônio e de seus seguidores vem habitualmente exercitada através do engano, da mentira, da dissimulação e da confusão. Como Jesus é a Verdade (cf. Jo 8, 44), assim o diabo é o mentiroso por excelência. Desde sempre, desde o princípio, a mentira foi sua estratégia preferida. Não há nenhuma dúvida de que o diabo procura induzir as pessoas na rede da mentira, pequena ou clamorosa. Engana os homens, fazendo-os acreditar que a felicidade se encontra no dinheiro, no poder, na luxúria carnal. Engana os homens, persuadindo-os de que não precisam de Deus e que eles são auto-suficientes sem necessidade da graça e a salvação. Consegue até mesmo enganar os homens, diminuindo ou fazendo desaparecer o senso do pecado, substituindo a Lei de Deus como critério de moralidade, pelos hábitos ou as convenções da maioria. Persuade as crianças de que a mentira é um modo apropriado para solucionar os diversos problemas , e assim, cria entre os homens uma atmosfera de desconfiança e suspeita.? (Santa Sé, ?Apresentação do Novo Rito de Exorcismo? em 26 de Janeiro de 1999).

O ?velhinho ? de barba branca é sempre alguém que se disfarça para parecer bonzinho! Satanás também se mostra como ?anjo de luz? para enganar! (veja 2Cor 13,14; Apoc 12,9) Haverá uma conexão?!

E assim, quando examinamos os fatos, ficamos surpreendidos grandemente ao saber que a prática dessa observância do Natal não é, afinal, uma prática cristã verdadeira, porém um costume pagão -- um dos caminhos de Babilônia que o mundo continua seguindo!

Um comentário:

  1. Passei aqui lendo. Vim lhe desejar um Natal agradável, harmonioso e com sabedoria. Nenhuma pessoa indicou-me ou chamou-me aqui. Gostei do que vi e li. Por isso, estou lhe convidando a visitar o meu blog. Muito simplório por sinal. Mas, dinâmico e autêntico. E se possivel, seguirmos juntos por eles. Estarei lá, muito grato esperando por você. Um abraço e fique com DEUS.

    http://josemariacostaescreveu.blogspot.com

    ResponderExcluir